Fórum

You need to log in to create posts and topics.

Aula 02 - Contabilidade Geral - PDF

37. (VUNESP – ISS Campinas/SP – 2019)

A Cia. América Central, que adota o método do inventário permanente para avaliação de seus estoques, apresentou os seguintes fatos contábeis relativos ao mês de fevereiro de 2019:

• Recebimento de vendas efetuadas em janeiro de 2019 229.000,00

• Constituição de Passivo – salários a pagar de fevereiro de 2019 77.000,00

• Receita Diferida transferida para conta de resultado 75.000,00

• Vendas efetuadas em fevereiro não recebidas no próprio mês 138.000,00

• Vendas efetuadas à vista no mês de fevereiro 53.000,00

• Custo das Mercadorias Vendidas das vendas efetuadas no mês 81.000,00

• Pagamento de compras a prazo efetuadas em janeiro de 2019 62.000,00

Calculando-se o resultado do mês de fevereiro de 2019 pelo regime de caixa e competência, pode-se concluir que

(A) o resultado pelo regime de competência corresponde a um lucro de R$ 33.000,00.

(B) o resultado pelo regime de caixa é maior que o da competência em R$ 112.000,00.

(C) o resultado pelo regime de caixa corresponde a um lucro de R$ 282.000,00.

(D) a empresa apresentou prejuízo em fevereiro de 2019 pelo regime da competência.

(E) o resultado pelo regime de competência foi maior que o de caixa em R$ 2.500,00.

Boa tarde, Igor

Primeira dúvida: Porque na Constituição de Passivo é considerado Despesa de Salários e não salários a pagar no valor de 77.000,oo (saldo credor)

Segunda dúvida: O Custo das Mercadorias Vendidas das vendas efetuadas no mês 81.000,00 também não é regime de Caixa já que as vendas foram efetivadas no mês.

Desculpe-me as perguntas básicas, mas é porque sou iniciante na matéria.

Fico no aguardo

Obrigado

Vamos lá...

1) O regime de competência apropria a despesa de salário no período a que ele se refere. Sendo assim, a despesa salarial de fev/2019 será apropriada neste período, independente de haver ou não pagamento. Neste último caso a apropriação é a seguinte:

D - Despesa de Salarios R$ 77 mil ( ↓ Resultado)
C - Salários a Pagar R$ 77 mil ( ↑ PE)

Portanto, consideramos o valor de R$ 77 mil no regime de competência (mas não no regime de caixa, pois ainda não houve pagamento).

 

2) O CMV de R$ 81 mil é apropriado, segundo o regime de competência, quando ocorre a venda do produto. Pouco importa, portanto, se as mercadorias que foram vendidas já foram pagas ao fornecedor. Não entramos neste mérito...

No regime de caixa o "CMV" é considerado quando a entidade paga as mercadorias aos fornecedores (mesmo que ainda não tenham sido vendidas). Veja que o valor de R$ 62 mil (pagamento de compras) foi apropriado como despesa no regime de caixa.

Abraço!

Igor Cintra